Notícias

Sábado, 04 de Janeiro de 2020 08:22

Preso por incitar linchamento de motorista, líder comunitário sai de fórum de tornozeleira

O presidente da Associação de Moradores do Bairro Campo Verde Nélio Neves está sendo monitorado por tornozeleira eletrônica desde o último dia 1°, depois de passar por audiência de custódia no Fórum da capital de Mato Grosso.

O líder comunitário foi preso pela Polícia Militar após duas crianças, de 2 e 8 anos, morrerem atropeladas na avenida Dante de Oliveira, conhecida como Avenida dos Trabalhadores. De acordo com militares, Nélio estaria incentivando as pessoas a fazerem justiça com as próprias mãos contra o motorista Wesley Patrick Villas Boas de Souza, 23 anos.

Nélio passou a noite na cela da Central de Flagrantes do bairro Verdão e no dia seguinte foi para o fórum para a audiência, onde foi liberado para responder o processo judicial mediante monitoramento eletrônico. 

Ele está impedido também de participar de qualquer manifestação popular por seis meses. O descumprimento da decisão pode resultar na prisão dele.

À reportagem do HNT/HiperNoticias o líder comunitário disse que prefere não se manifestar para não correr o risco de ser interpretado de forma incorreta.  

Os associados do Bairro Campo Verde ainda estão decidindo o que vão fazer após o afastamento do presidente.

Fonte: HiperNoticias

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}