Notícias

Sexta-Feira, 07 de Maio de 2021 20:27

ESTÁ PRONTO! - Bolsonaro afirma que decreto da liberdade já está pronto

Presidente garantiu hoje, em Rondônia, que ninguém mais vai tolher a liberdade da população de ir e vir
Autor: José Boas

REDAÇÃO – Acompanhado do empresário Luciano Hang e do tricampeão mundial de Fórmula 1, Nelson Piquet, o presidente Jair Bolsonaro garantiu, durante evento de inauguração de uma ponte sobre o Rio Madeira, em Rondônia, que ninguém vai tirar do povo brasileiro seu direito de ir e vir. Segundo ele, o “decreto antilockdown”, que proíbe governadores e prefeitos de decretarem o fechamento de lojas e restringindo a circulação de pessoas, já estaria redigido e pronto para ser publicado.

LIBERDADE - Em seu discurso, Bolsonaro disse: “A liberdade é o bem maior que nós podemos ter. Se baixar um decreto, que já está pronto, todos cumprirão. Por quê? Por que ele nada mais é do que o inciso do artigo 5º da Constituição que todos nós defendemos (...) O nosso direito de ir e vir é sagrado, e também o trabalho. Não se justifica, daqui para frente, fechar qualquer ponto do nosso Brasil”.

Críticos do presidente têm usado sua posição contrária ao fechamento de pontos comerciais e decretos imponto toque de recolher para dizer que se trata de uma tendência autoritária do chefe do Poder Executivo nacional. Como resposta, o próprio Bolsonaro diz que, se este posicionamento é antidemocrático, então a Constituição é antidemocrática, posto que é um dos princípios basilares da Carta Magna e que a liberdade é um direito sagrado conquistado pela população.

Aquele que abre a mão de parte da sua liberdade em troca de segurança, por menor que seja, acaba no futuro não tendo liberdade nem segurança. Preferimos morrer lutando do que perecer em casa. O meu Exército jamais irá às ruas para mantê-los dentro de casa”, concluiu.

LEIA TAMBÉM: BRASÍLIA - O povo quer trabalhar! Isso é crime?, questiona Bolsonaro

LEIA MAIS: INDEPENDÊNCIA - Bolsonaro critica governadores e diz que é hora de um novo grito de independência

Fonte: Jornal de Brasília

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}