Notícias

Quarta-Feira, 21 de Julho de 2021 22:26

ELEIÇÕES 2022: Mauro Mendes defende candidatura do DEM à Presidência

“Não queremos debater Bolsonaro ou Lula, queremos debater os grandes problemas do país”, afirmou governador
Autor: Augusto Fernandes / Correio Braziliense

BRASÍLIA – Em meio às articulações de partidos de centro em busca de candidaturas alternativas para a disputa presidencial em 2022, o governador do Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), defendeu que a sua legenda lance um nome para concorrer ao Palácio do Planalto no ano que vem.

De acordo com matéria divulgada pelo Correio Braziliense, Mendes disse que, para o bem da democracia e do debate eleitoral, o Brasil precisa de “pluralidade de ideias e de alternativas”. “Quanto mais candidatos, maior é o debate. Agora, esperamos que todo esse debate seja qualificado, que ele possa ser feito em cima de grandes programas, dos grandes problemas que o Brasil tem e, obviamente, das grandes soluções que cada candidato enxerga”, opinou.

Se o DEM quer lançar um candidato, terá o meu apoio para essa discussão. E, lá na frente, na hora do vamos ver, a gente vai ver a viabilidade de qualquer candidato, se continua ou não. Mas em um regime de pré-campanha, acho que todos os candidatos são bem-vindos para que haja um incremento no debate sobre os problemas e soluções para o país”, acrescentou Mendes.

POLARIZAÇÃO - O governador ainda comentou que a tentativa do presidente Jair Bolsonaro e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de querer deslegitimar e desmerecer políticos que se lançam como “terceira via” para a eleição ao Executivo federal é ruim para o país. Segundo ele, “não queremos debater Bolsonaro ou Lula, queremos debater os grandes problemas do país”.

Lula tem certeza que ganha do Bolsonaro, e Bolsonaro tem certeza que ganha do Lula. Nessa linha, os dois não querem nenhum candidato. Agora, o debate precisa ser ampliado. Nós queremos debater como fazer o país voltar a crescer, como tirar milhões de pessoas da pobreza, como combater verdadeiramente a violência, que ainda está em escalada crescente no nosso país”, ponderou.

“Tem dezenas de problemas grandiosos que precisam de um grande debate e não simplesmente resumir isso a dois nomes. Queremos discutir soluções para o Brasil e não apenas dois nomes para o Brasil. Pode ser até os dois, mas isso em um segundo turno. No primeiro turno, quanto mais ideias, quanto mais plural for o debate, melhor para o país”, reforçou Mendes.

MANDETTA - O pensamento do governador é semelhante ao do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, que é filiado ao DEM e tido como a principal aposta da legenda para participar das eleições de 2022. Em maio, o ex-ministro de Bolsonaro garantiu que está pronto para concorrer no ano que vem.

“Bolsonaro e Lula querem te convencer de que não existe terceira via. Eles precisam um do outro e estão com medo. Um terço dos brasileiros rejeita esse pesadelo e tem esperança em um futuro de respeito, diálogo, união e seriedade no combate à corrupção”, escreveu Mandetta em uma rede social, nesta quarta-feira (21/7).

LEIA TAMBÉM: SEM ESPAÇO: Mauro Mendes já considera nomes para substituir Otaviano Pivetta como vice em 2022 (Publicado em 23.Mai.2021)

LEIA AINDA: ELOGIOS: Mauro Mendes elogia Neri Geller e diz que trabalho do deputado trará benefícios (Publicado em 12.Mai.2021)

Fonte: Correio Braziliense

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}