Notícias

Sábado, 09 de Janeiro de 2021 07:55

Cidadãos têm acesso a serviços do Detran de forma on-line e por agendamento

No ano de 2020, mesmo com o cenário da pandemia do novo coronavírus, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) conseguiu manter a prestação dos serviços à população mato-grossense por meio dos serviços on-line disponibilizados no site da Autarquia e pelo aplicativo MT Cidadão, além do atendimento presencial por agendamento. Os dois formatos continuam em 2021, como forma de preservar a saúde dos cidadãos e dos servidores.

Por meio on-line, o Detran contabilizou no ano passado, 7.641 pedidos de segunda via da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), 18.635 solicitações de trocas de CNH provisória para definitiva e 40.867 processos de renovação abertos. Este último serviço foi disponibilizado no mês de junho de 2020 por meio do aplicativo MT Cidadão.

Na renovação, somente o exame médico ainda precisa de deslocamento, o restante do processo pode ser feito todo pelo aplicativo, inclusive podendo solicitar a entrega da CNH pelos correios.

Na parte de veículos, o Detran disponibilizou em 2020 a impressão do Licenciamento de forma on-line, evitando o deslocamento de mais de 2 milhões de proprietários de veículos às unidades do Detran para obter o documento.

“Tanto a renovação da CNH quanto o Licenciamento são serviços muito procurados pelos cidadãos de forma presencial, e agora de forma on-line proporciona maior comodidade e agilidade para os cidadãos obterem os documentos de maneira mais prática”, observou o presidente do Detran, Gustavo Vasconcelos.

Outros serviços do Detran-MT também podem ser acessados de forma on-line, no site da Autarquia (www.detran.mt.gov.br) ou pelo aplicativo MT Cidadão. São eles: consulta a informações de veículo; consulta a informações de condutor; consulta ao resultado recurso de infração; validador de documentos; agendamento de Exame Teórico; consulta a turmas de Exame Teórico; consulta a valores e taxas de serviços; extrato de multa do Detran; Permissão Internacional para Dirigir (PID) e emissão de débitos de veículos.

Agendamento
Para reestabelecer o atendimento presencial em 2020, o Detran implantou, de forma inédita, o sistema de agendamento. Foram quase 500 mil pessoas atendidas ao longo do ano nos mais diversos serviços presenciais ofertados pela Autarquia em todo Estado.

A modalidade de atendimento por agendamento irá permanecer em 2021 seguindo todos os protocolos de distanciamento, uso de máscara de proteção facial e álcool 70% para higienização para evitar a disseminação do contágio do covid-19.

“Reforçamos a população que sempre agende o serviço presencial desejado através do site do Detran e compareça a unidade escolhida somente no horário agendado, para evitar filas, aglomeração e exposição desnecessária ao ambiente como sol ou chuva”, frisou o presidente do Detran, Gustavo Vasconcelos.

Como agendar o atendimento

Para realizar qualquer serviço presencial o cidadão deve agendar o atendimento no site oficial do Detran (www.detran.mt.gov.br). Na página principal, aparece uma mensagem de tela (pop up) sobre o AGENDAMENTO.

O usuário deve clicar e, na página seguinte, deve preencher os campos obrigatórios com o nome completo, CPF, número de telefone fixo ou celular, e-mail para contato e escolher a unidade a qual pretende realizar o serviço, bem como a data e o horário. Para encerrar, basta confirmar “não ser um robô” e clicar em “agendar”, ao fim do cadastro.

Todas as unidades do interior do Estado estão funcionando das 8h30 às 16h e somente com agendamento prévio no site do Detran. Confira os serviços que podem ser feitos presencialmente por agendamento:

Habilitação
- Primeira habilitação;
- Troca para definitiva;
- Segunda via;
- Renovação de CNH;
- Alteração de dados;
- Mudança de categoria;
- Adição de categoria;
- Registro de estrangeiro;
- Entrega de CNH;
- Emissão de Certidão de Condutor;
- Indicação de condutor infrator;
- Entrega de CNH recolhida;
- Abertura de processos para Permissão internacional para dirigir - PID;
- Entrega de PID;
- Atendimentos à CFCs de Cuiabá;
- Coleta de imagem (foto).

Veículos
- Primeiro emplacamento;
- Vistoria;
- Transferência de Propriedade;
- Transferência de Município;
- Transferência de Jurisdição;
- Inclusão ou baixa de gravame;
- Comunicação de Venda;
- Cancelamento de Comunicação de Venda;
- Alteração de Características;
- Mudança de Categoria;
- Substituição de Motor;
- Baixas de Veículos;
- Troca de placa - PIV Mercosul.

Fonte: Assessoria

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}