Notícias

Sexta-Feira, 30 de Abril de 2021 14:18

BRASIL - Governo Federal anuncia superávit nacional de R$ 4,9 bilhões em março

De acordo com o Banco Central, números devem mudar significativamente a partir de abril, por conta do impacto dos gastos com a pandemia nas contas públicas
Autor: Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil

BRASÍLIA – As contas públicas registraram saldo positivo em março deste ano diante da melhora na arrecadação e redução de despesas. O setor público consolidado, formado por União, estados e municípios, apresentou superávit primário de R$ 4,981 bilhões no mês passado, o melhor resultado para o mês desde março de 2012, quando chegou a R$ 10,4 bilhões.

Os dados foram divulgados hoje (sexta-feira, 30) pelo Banco Central. O resultado superou o déficit primário de R$ 23,655 bilhões de março de 2020.

PANDEMIA - O chefe do Departamento de Estatísticas do BC, Fernando Rocha, destacou que este é o último mês de comparação interanual em que não há impacto das despesas extraordinárias do combate a pandemia. “A partir de abril de 2020, os gastos começaram a aparecer de forma significativa nas estatísticas fiscais. Naquele mês, o resultado foi deficitário em R$ 94 bilhões”, explicou.

Em 12 meses, encerrados em março, as contas acumulam déficit primário de R$ 663,084 bilhões, o que corresponde a 8,79% do Produto Interno Bruto (PIB, soma de todos os bens e serviços produzidos no país). Em dezembro, essa porcentagem era de 9,44% (R$ 702,950 bilhões) e, segundo Rocha, deve continuar diminuindo gradualmente à medida que o ano for passando e a janela de 12 meses excluir os meses que concentraram os déficits causados pela pandemia, de abril a dezembro de 2020. Ainda assim, o resultado ainda é elevado.

LEIA TAMBÉM: Já está disponível novo programa de declaração do IRPF 2021

LEIA MAIS: BNDES amplia, por 6 meses, prazo de carência para pagamento de empréstimos

Fonte: Agência Brasil

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}