Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020

Notícias

Segunda-Feira, 10 de Fevereiro de 2020 16:06

Orquestra Sinfônica Jovem estréia concha acústica de Lucas do Rio Verde

Construção do equipamento cultural no Jardim Amazônia representou um investimento de R$ 276 mil

A tarde de sábado, 08, começou e terminou bastante animada para os moradores do Jardim Amazônia e áreas próximas que receberam a primeira edição do ano do Programa Cuidar, instalado pela Prefeitura na Praça da Bíblia Sagrada com vários dos serviços prestados pelas secretarias municipais e outros órgãos de atendimento básico. A programação também incluiu a revitalização da praça e a inauguração da concha acústica, a primeira obra da Secretaria de Cultura.

Estreado pela Orquestra Sinfônica Jovem de Lucas do Rio Verde, o equipamento acústico servirá de palco permanente para apresentações culturais e busca aproximar a população dos artistas e promover a ocupação dos espaços públicos pela comunidade. Na construção da concha foram investidos pouco mais de R$ 276 mil. Além da revitalização, com arborismo e pintura dos bancos, a praça recebeu o monumento da Bíblia Sagrada, que foi restaurado e veio da Praça da Liberdade, onde estava alocado.

Durante o ato solene, o prefeito Luiz Binotti anunciou que a cada vinte dias o Executivo irá lançar ou inaugurar uma nova obra no município. “O Programa Cuidar aproxima a Prefeitura dos cidadãos. Estamos inaugurando aqui a primeira concha acústica de Lucas do Rio Verde, uma reivindicação antiga da nossa população e que se não representa um grande investimento financeiro, é um grande investimento em termos de cultura, de socialização das famílias que irão se reunir aqui e de todos os setores da sociedade. Trouxemos aquele monumento que estava na Praça da Liberdade e colocamos no local em que deveria estar”, destaca.  

“Hoje é um dia muito especial para mim primeiramente enquanto artista e depois como secretário de Cultura. É o dia da entrega desta obra tão importante e também da bíblia ao seu devido lugar. Inaugurar e enaltecer a nossa tão sonhada concha acústica, palco da cultura de Lucas do Rio Verde, algo que poucos municípios do Brasil têm e com certeza vamos trazer muitas atrações culturais diferenciadas de todo o Brasil para apresentar aqui neste local”, salientou o secretário Ruam Villas Boas.   

Acompanhada da filha Lara, a dona de casa Maria Regenilda disse que as duas estavam curtindo muito a programação porque no bairro quase não há apresentações culturais. “Moro aqui perto e está muito bom. É difícil ter alguma coisa por aqui. Assim as crianças se divertem, como outras coisas que está tendo para a população”, declara.

Na opinião da presidente da Associação de Moradores do Jardim Amazônia, Cleonice Aparecida Borges, os benefícios da obra serão para a população de todos os bairros ao redor. “É uma grande alegria e um privilégio pra gente ver atendida essa necessidade que todos tinham e que agora poderão tirar proveito disso tudo, tanto da concha acústica como da Praça da Bíblia, que vão enaltecer o nosso bairro”, avalia.

Autor das indicações para a construção da concha acústica e da transferência do monumento da bíblia de uma praça para a outra, o vereador Marcos Paulista declarou que a iniciativa porá fim à confusão existente até então. “Nada melhor do que o monumento da bíblia sagrada estar no lugar certo, na praça que leva seu nome. No mesmo ano de 2018 também fiz a indicação para que fosse construída esta concha acústica, um pedido antigo das comunidades evangélicas, mas que deverá servir a todos sociedade luverdense”, observa.  

Fonte: https://www.lucasdorioverde.mt.gov.br/site/noticias/7910

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}