Filho de secretário reage a assalto e troca tiros com ladrões

» Segurança

Por Midia News em 28 de Abril de 2019 ás 07:35

Um soldado da Polícia Militar, identificado como Ricardo Siqueira Sales, foi vítima de uma tentativa de roubo em frente à pizzaria Caza da Pizza, no bairro Dom Aquino, em Cuiabá, na noite de sexta-feira (26). O policial é filho do secretário de Ordem Pública de Cuiabá, coronel Leovaldo Sales. Quatro pessoas foram baleadas durante a troca de tiros.

De acordo com o boletim de ocorrência, Ricardo teria sido abordado por dois homens armados quando entrava em seu carro, um Toyota Corolla de cor branca, na saída da pizzaria.

O policial estava com o pai, Leovaldo, e outras duas pessoas no momento da abordagem. O soldado reagiu à tentativa de assalto efetuando quatro disparos contra os ladrões, que revidaram. Ele chegou a seguir os suspeitos de carro, porém não conseguiu alcançá-los.

Segundo o registro da ocorrência, a troca de tiros deixou quatro pessoas feridas, entre elas duas meninas, uma mulher e um homem. A polícia tentou entrar em contato com as vítimas, porém sem sucesso. A informação é de que elas tiveram ferimentos leves.

Uma criança foi atingida de raspão na mão direita e a outra menina foi atingida na cabeça. A mulher teve um ferimento no ombro direito e o homem teve o ombro esquerdo perfurado por uma das balas. De acordo com informações da polícia, todos receberam atendimento médico e passam bem.

Um terceiro suspeito teria dado apoio à fuga dos outros dois que anunciaram o assalto. Ninguém foi localizado até o momento. Cartuchos de bala foram recolhidos pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) no local e vão passar por análise. A arma do policial Ricardo Sales não foi apreendida.

Procurado pela reportagem, o secretário Leovaldo Sales informou que ele e a família estavam na pizzaria para comemorar o aniversário de sua cunhada. Ele estava acompanhado da esposa e dos dois filhos, que são policiais.

A Polícia Civil e uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência também estiveram no local. O secretário afirmou ainda que tanto ele quanto os filhos ficaram até o final dos atendimentos da ocorrência. O caso será investigado pela Delegacia de Roubos e Furtos de Cuiabá.

 

» Mais Imagens