Governo do Estado abre vagas para interessados em trabalhar com menores infratores no Pomeri

» Segurança

Por 24 Horas News em 25 de Abril de 2019 ás 07:32

A Secretaria de Estado de Segurança Pública abriu processo seletivo simplificado para os cargos de agente de segurança, técnico em saúde bucal e analista no perfil enfermeiro destinados ao Sistema Socioeducativo em Cuiabá. São 34 vagas, com carga horária de 40 horas, e salários que variam de R$ 2.626,90 a R$ 6.234,61, conforme o cargo. A seleção é de necessidade temporária e excepcional interesse público para atendimento às necessidades das três unidades de atendimento socioeducativo localizadas no Complexo Pomeri, na capital.

Os interessados devem fazer a inscrição nos dias 2 e 3 de maio, no horário de 9 às 16h, presencialmente, no seguinte endereço: Quadra anexa da extinta Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Rua Ten. Eulálio Guerra, n° 488, Bairro Quilombo – Cuiabá). O candidato deve levar o Requerimento de Inscrição devidamente preenchido em letra de forma e assinado e apresentar os documentos elencados no edital. Entre os requisitos para o seletivo está a comprovação de nível superior completo e carteira nacional de habilitação (para o cargo de agente de segurança).

A secretária adjunta de Justiça da Sesp, Lenice Silva, explica que o processo seletivo terá duração de seis meses a contar da publicação em Diário Oficial, podendo ser prorrogado por igual período, ou até que seja homologado o concurso público do Sistema Socioeducativo que está em andamento. Os contratos serão regidos pelo Regime Administrativo Especial e serão vinculados ao Regime Geral da Previdência Social, através do INSS, para o qual o (a) contratado (a) contribuirá obrigatoriamente.

Os candidatos devem observar as orientações e documentos solicitados, que estão no edital publicado na edição desta quarta-feira no Diário Oficial do Estado. O processo seletivo será composto de duas fases: Avaliação de Títulos, de caráter classificatório e eliminatório; e Investigação Social, de caráter eliminatório.

Candidatos que tenham prestado serviços no Sistema Socioeducativo e tiveram o contrato rescindido por descumprimento do referido contrato serão considerados inaptos na investigação social.

 

» Mais Imagens