Blitzes para fiscalizar motocicletas serão realizadas no interior

» Segurança

Por Olhar Direto em 03 de Fevereiro de 2019 ás 09:00

A ‘Operação Motociclista Vivo’, que tem como objetivo a realização de uma série de blitzes para fiscalizar a regularidade dos veículos que circulam por Cuiabá e Várzea Grande, será estendida durante todo este mês. Além disto, o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) informou que a ação será levada também para cidades do interior.

Nesta semana, o Detran intensificou as operações que visam a conscientização dos motoristas para um trânsito seguro e a redução de acidentes envolvendo motociclistas. Três ações foram executadas com apoio do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar e – conforme o governo - receberam a aprovação de motociclistas.

A ação consiste na realização de blitze educativas e fiscalizatórias, com a verificação de condições de regularidade e circulação dos veículos e condutores e também conscientização para normas de conduta e direção defensiva. As blitze continuarão durante todo o mês de fevereiro em diversos pontos de Cuiabá e serão estendidas para as demais cidades de Mato Grosso.

Em 2018, foram registrados 17.973 acidentes em todo o Estado, sendo 9.407 envolvendo motocicletas, o que corresponde a um índice de 52% do total de ocorrências, segundo dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

 “Nosso objetivo, durante as abordagens, exclusivamente aos motociclistas, é observar se está tudo correto com o veículo, o que inclui itens de segurança, como farol, placas, lacres e a documentação. Além disso, o motorista deve estar utilizando o capacete e portar a carteira de habilitação”, explicou a gerente de fiscalização do Detran, Kerollain Pacheco.

Lei aprovada

Os deputados aprovaram, na última terça-feira (29), projeto de lei do deputado Romoaldo Junior (MDB), que institui jornada de trabalho e cria gratificação por atividade voluntária de fiscalização de trânsito, no âmbito do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Com isto, os parlamentares facilitam a realização de blitzes, incluindo a ‘Lei Seca’, já que antes os servidores não recebiam nada por isto.

Lei Seca

O Governo do Estado deverá fechar o cerco contra motoristas que dirigem embriagados em Cuiabá. O novo presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/MT), Gustavo Vasconcellos, revelou ao Olhar Direto que a ‘Operação Lei Seca’ será realizada três vezes por semana. A intenção é reduzir o número de acidentes e proporcionar uma sensação maior de segurança no trânsito.

 

» Mais Imagens