Deputado de MT se exalta e chama colega de vagabundo

» Política

Por Midia News em 25 de Abril de 2019 ás 07:30

O deputado federal José Medeiros (Podemos) protagonizou uma confusão na Câmara Federal na tarde desta quarta-feira (24), durante uma discussão sobre a reforma da Previdência. Os empurrões ocorreram quando o deputado de oposição, Eliel Machado (PSB-PR), se pronunciava sobre uma reportagem divulgada pelo jornal Folha de São Paulo.

A reportagem revelou que o Governo Federal teria prometido destinar R$ 40 milhões em emendas para cada deputado que votasse a favor da matéria. “O Governo ofertou R$ 40 milhões para a compra de votos, ofertou cargos. O Governo está acertando os deputados”, disse Machado. Neste momento ele foi interrompido pelo parlamentar mato-grossense, que é vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara.

"Aqui não, vagabundo. Isso você não fazer aqui. Não nos meça pela sua régua”, gritou José Medeiros. Além de Medeiros, ainda entraram na confusão o deputado Nelson Barbudo (PSL) e o ex-deputado Victorio Galli (PSC), ambos de Mato Grosso.

Barbudo, durante a sessão, pediu para "chamarem o camburão" para os parlamentares de oposição. "Se tudo que a imprensa publica é verdade, pode chamar o camburão porque dizem que o PT é uma quadrilha".

Conforme a reportagem, deputados de seis partidos confirmaram que houve a proposta por parte do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), para a liberação de recursos referentes às emendas impositivas, mas não foi celebrado acordo.

A assessoria de imprensa de Medeiros afirmou que o parlamentar vai exigir que Machado prove, na Comissão de Ética, a acusação que fez.

 

» Mais Imagens