Veículo usado para abordar vítimas em Lucas era de uso coletivo

» Polícia

Por Sergio Nery em 04 de Junho de 2019 ás 06:19

As investigações feitas pela Polícia em busca da solução de homicídios praticados em Lucas do Rio Verde levou a essa constatação. De acordo com o Delegado Daniel dos Santos Nery, o veículo ficava escondido em uma área de mata, nas imediações do bairro Tessele Junior, e cada integrante do grupo poderia utilizar a moto, desde que devolvesse ao local de origem..
 
A divulgação da utilização desse veículo, uma motocicleta de 300 cilindradas levou os criminosos a pintarem o tanque de combustível da moto, em uma tentativa de desvincular o veículo da prática dos crimes. A motocicleta seria, de acordo com o Delegado, produto de furto na cidade de Lucas do Rio Verde.
 
Informações que circulavam pelas redes sociais nos últimos dias, como a suposta chegada de um ônibus com integrantes de uma facção criminosa paulista, um toque de recolher decretado por outra, foram rechaçadas pelo Delegado. "Não tem toque de recolher, não tem ônibus nenhum, nã tem disputa de facções nenhuma, até porque mais interessante que chegar à autoria dos crimes, nós conseguimos esclarecer a motivação de todos eles. E cada um tem uma motivação peculiar. Pra pensar numa rivalidade dessas, as motivações seriam muito próximas, uma da outra, pra gente pensar numa cadeia de crimes", afirmou o Delegado. 
 
» Mais Imagens