Ex-diretor do CCC é nomeado assessor parlamentar de Gilmar Fabris

» Mato Grosso

Por HiperNotícias em 10 de Julho de 2018 ás 09:07

O deputado estadual Gilmar Fabris (PSB) nomeou o ex-diretor do Centro de Custódia de Cuiabá (CCC), Jean Carlos Gonçalves, para o cargo de assessor parlamentar, em seu gabinete na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). A nomeação não chamaria atenção, a não ser pelo fato de Gonçalves ter sido administrador da unidade prisional na época em que o parlamentar ficou preso por 40 dias.

Fabris foi preso no dia 15 de setembro de 2017, acusado de obstrução à Justiça, durante a Operação Malebolge, deflagrada pela Polícia Federal, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele foi citado na delação do ex-governador Silval Barbosa (sem partido) e aparece em um vídeo reclamando do valor de uma suposta propina.

Passados 123 dias da soltura de Fabris, Gonçalves foi exonerado do cargo de diretor da unidade prisional a seu pedido. A informação consta no Diário Oficial do Estado (DOE),  foi publicada no dia 19 de abril deste ano. Após a saída da direção, Gonçalves foi empossado no gabinete do secretário adjunto de Administração Sistêmica.

De acordo com o Portal Transparência da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Jean Carlos Gonçalves foi nomeado como assessor parlamentar do gabinete de Gilmar Fabris no mês de junho de 2018.

Vale lembrar que aprovados em concurso público realizado pela Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) para os cargos de agente prisional ainda não foram empossados. O certame foi realizado em fevereiro de 2017. A falta de agentes suficientes para atuar no sistema prisional do Estado é reclamação constante da categoria. A classe reclama das precarias condições de trabalho pela falta de pessoal.

Outro lado

A assessoria de imprensa do deputado estadual Gilmar Fabris confirmou o fato e  disse que não há ilegalidade na nomeação do servidor.

 

» Mais Imagens