Defensor público é denunciado por assédio sexual a alunas de Direito em Lucas

» Lucas do Rio Verde

Por Unica News em 23 de Maio de 2019 ás 06:37

Um professor do curso de Direito de uma faculdade em Lucas do Rio Verde, que também é defensor público do Estado, foi acusado de assédio sexual por várias alunas. A direção da universidade o afastou das atividades na terça-feira (21).
Segundo denúncia que chegou à Imprens da capital do estado, o professor agia constrangendo as garotas, abordando-as com conversas de teor sexual e pedindo "nudes". "O professor descobria o telefone das vítimas através dos grupos das turmas e iniciava o assédio. As vítimas se viam impossibilitadas de se afastar, em razão da ascendência do professor sobre elas. Jovens solteiras e casadas eram alvos do assediador".
"Até o momento, nenhuma das vítimas disse ter sido efetivamente abusada, sexualmente, pelo acusado, porém o constrangimento na comunidade acadêmica é grande", diz a fonte. O acusado desativou as redes sociais e não respondeu às tentativas de contato, via telefone.
A Defensoria Pública de Mato Grosso informou, pela assessoria de imprensa, que vai entrar em contato com o defensor e com a universidade para apurar a situação e, caso confirmadas as denúncias, providências serão tomadas. Até o momento, nenhuma informação oficial teria chegado ao órgão.
A direção da Instituição informou que o professor foi afastado assim que feita a denúncia. Essa não foi a primeira vez que um docente da faculdade foi afastado por esse tipo de conduta.
 
» Mais Imagens