Vereadores aprovam alteração no orçamento para entrada de R$ 12.6 milhões

» Lucas do Rio Verde

Por Ascom/Marcello Paulino em 22 de Maio de 2019 ás 06:48

Ascom/Tarsila Borges

Os vereadores aprovaram na noite desta segunda-feira (20), em sessão ordinária, o Projeto de Lei n. 22/19, que trata de abertura de crédito suplementar no valor de R$ 12.599.040,19. O recurso é proveniente de uma financiamento que o município fez junto a Caixa Econômica Federal. Com a entrada do recurso, o planejamento orçamentário do município foi alterado.
 
De acordo com o vereador Airton Callai (PRB), o recurso será investido na ampliação da rede adutora de abastecimento de água e na construção de mais dois reservatórios, Parque das Emas/Bandeirantes e Imperial/Rio Verde. Com a substituição da tubulação de 100 milímetros por tubos de 200 milímetros, o município espera aumentar a vazão da água e ainda, reduzir a pressão das bombas e o valor gasto com energia elétrica. "Nos últimos quatro anos, nós tivemos mais de quatro mil novas ligações de água, isso mostra a necessidade de investimentos na rede de abastecimento de água", ressaltou Callai.
 
O projeto foi aprovado com seis votos favoráveis. Votou contra, o vereador Dr. Wagner Godoy (SD), o vereador Mano (PDT) não esteve presente na sessão, porque está em viagem a Brasília e o presidente da Câmara, vereador Dirceu Cosma (PV), só vota em caso de empate. Segundo Godoy, as obras deveriam ser realizadas com o recurso que o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) arrecada, uma vez que, a autarquia fecha o ano com superávit financeiro. Todo ano, o Saae tem superávit de aproximadamente R$ 4 milhões, ou seja, dinheiro que sobrou. Se a prefeitura trabalhar com esse recurso, o valor do empréstimo pode ser menor ou até mesmo, não precise pegar financiamento."
 
O valor financiado será pago em até 20 anos, com quatro anos de carência e contrapartida de R$ 707 mil do município, totalizando pouco mais de R$ 13.3 milhões.
» Mais Imagens