Primeira-dama lidera projeto voluntário para cuidar e revitalizar canteiros e rotatórias

» Lucas do Rio Verde

Por Ascom Prefeitura/Maryuska Pavão em 15 de Novembro de 2018 ás 06:39

Melhorar o visual das avenidas, realizar o plantio, a manutenção, pintura e ocupação dos canteiros e rotatórias são algumas das propostas do Projeto Canteiro Vivo, desenvolvido pela primeira-dama Rafaela Frizzo, que reuniu paisagista, bióloga e várias outras pessoas, que voluntariamente toparam o desafio de cuidar e revitalizar os espaços públicos de Lucas do Rio Verde.

“O objetivo do projeto é deixar a nossa cidade cada vez mais bela, e para isso reunimos profissionais que voluntariamente realizaram estudos e pesquisas para melhorar, padronizar e cuidar dos nossos espaços públicos. Vamos revitalizar todas as rotatórias com plantas e flores baixas, para não atrapalhar o trânsito, e na entrada da cidade vamos conversar com a concessionária Rota do Oeste, para que possamos melhorar os canteiros da rodovia e deixar ainda mais belo e colorido”, explicou a primeira-dama.

Neste projeto as secretarias de Infraestrutura e Obras e Meio Ambiente, entrarão com as reformas dos canteiros e no horto municipal, os profissionais farão os cuidados das mudas de flores e árvores. Nesta quarta-feira, por meio de doação, o projeto já recebeu 4 mil mudas de flores, além de produtos como adubos, herbicidas e fungicidas que serão utilizados na recuperação de árvores, que estejam com fungos ou doentes, e também para a preparação do solo.

“Com o desenvolvimento desse projeto, nós vamos conseguir melhorar a manutenção dessas áreas, pois escolhemos plantas com maior durabilidade e menor manutenção, que contribuirão na economia do município, já que as mudas e os produtos foram doados”, explicou ela.

Rafaela contou que, as primeiras reformas de canteiros já estão acontecendo no Bairro Pioneiro, com a troca das flores e plantas. Na Avenida Universitária, no bairro Parque das Emas, a secretaria já realizou a troca de 21 palmeiras. Na avenida Rio Grande do Sul serão plantadas em todos os canteiros a espécie periquito vermelho e na Avenida Paraná serão mini lantanas.

A empresária e paisagista, Rose Togni, comentou a satisfação em fazer parte do projeto e explicou o trabalho que já está sendo desenvolvido pelos voluntários. “Uma das primeiras coisas que fizemos, foi saber a metragem dos canteiros, saber qual a quantidade necessária de plantas para cada um deles, estudamos quais as espécies mais compatíveis, e com isso vamos diminuir a perca e aumentar o tempo de vida dessas plantas. Todo esse planejamento é para que possamos reestruturar e organizar a nossa cidade. Estamos otimistas, contamos que mais voluntários apareçam, pois se cada um fizer um pouquinho, no final teremos um resultado muito maior”, disse ela.

A professora e bióloga, Linda de Andrade, é a voluntária que realizará o levantamento da situação das árvores e palmeiras das principais avenidas da cidade, e pontar a necessidade de substituí-las ou de receber cuidado especial.

“Esse trabalho faz toda a diferença, pois além de embelezar estamos cuidando e evitando possíveis quedas de arvores. Por isso, convocamos a população que colabore com o cuidado da nossa cidade, pois é nosso patrimônio e é nosso dever manter esse zelo. Juntos deixaremos mais bela, limpa e confortável para todos”, afirmou Rafaela.

 

» Mais Imagens