Vereadores aprovam convênio com a UFMT para desenvolvimento de portal educacional

» Educação

Por Ascom/Marcello Paulino em 31 de Outubro de 2018 ás 07:26

Ascom/Tarsila Borges

A Câmara de Vereadores aprovou na noite desta segunda-feira (29), em sessão ordinária, o Projeto de Lei n. 97/18, que trata de convênio com a Fundação de Apoio e Desenvolvimento da Universidade Federal de Mato Grosso (Fundação Uniselva).

Serão investidos R$ 486 mil, o recurso será utilizado para custear o desenvolvimento de um portal educacional e a capacitação dos profissionais que irão atuar no Programa Municipal de Inovação em Tecnologia Educacional.

Segundo o vereador Airton Callai (PRB), o portal será de propriedade do município, incluindo os códigos-fonte, 500 professores serão treinados para alimentar o portal.

“A criação desta plataforma significará um salto enorme na educação pública de Lucas do Rio Verde e colocará o município em outro patamar, totalmente informatizado, onde as crianças poderão acessar os conteúdos, rever aulas de casa, a qualquer hora, utilizando um tablet ou celular.”

O recurso será pago em seis parcelas, sendo a primeira e a segunda no valor de R$ 100 mil cada e o pagamento, realizado mediante a prestação de contas aos Poderes Executivo e Legislativo.

O projeto foi aprovado com cinco votos favoráveis e dois contrários. Votaram contra, Dirceu Cosma (PV) e Dr. Wagner Godoy (SD). A vereadora Márcia Pelicioli não compareceu a sessão por motivo de saúde e o presidente da Casa, só vota em caso de empate.

O vereador Dr. Wagner Godoy ressaltou que não é contra o projeto. O motivo do voto contrário, segundo ele, são os indícios de improbidade que envolvem a fundação que receberá o recurso do município, a Uniselva.

“Não sou contra o projeto de inovação tecnológica dentro da educação, mas essa empresa não me convenceu. Eu fiscalizei, apresentei vários processos sobre essa empresa, mas o voto da maioria foi favorável.”

 

» Mais Imagens