Escalonamento deve acabar no primeiro semestre, prevê chefe da Casa Civil

» Economia

Por Olhar Direto em 29 de Janeiro de 2019 ás 05:59

O governador Mauro Mendes (DEM) pretende acabar com o escalonamento de salários dos servidores do Poder Executivo ainda no primeiro semestre deste ano. A informação foi confirmada pelo secretário-chefe da Casa Civil Mauro Carvalho. De acordo com o comandante da Casa Civil, o foco do governador é regularizar esta situação mais rápido possível e que o problema de escalonamentos deve acabar nos próximos cinco meses.

 “É muito triste você assumir um Governo e não pagar salário em dia. Não é o sonho de ninguém e é muito triste você deixar milhares de pessoas sem o salário que é uma coisa sagrada. Acredito que neste primeiro semestre vamos regularizar esta situação. O foco do governador Mauro Mendes é regularizar o mais rápido possível esta situação”, disse em entrevista a rádio Centro América na manhã desta segunda-feira (28).

Os escalonamentos vem acontecendo no Estado desde o Governo de Pedro Taques (PSDB), que por vários meses de sua gestão não teve dinheiro suficiente para pagar os salários na sua totalidade antes do dia 10 do mês subseqüente.

Sem dinheiro em caixa, Mauro Mendes também precisou escalonar os salários do mês de dezembro e até o momento não quitou 100% da folha, além de ainda não ter pago   13° de parte dos servidores públicos.

O Governo também já anunciou que irá escalonar os salários do mês de fevereiro, porém pretende pagar parcelas dos vencimentos a todos, para que nenhum servidor fique sem dinheiro.

Os servidores públicos, desde que o ano começou já ameaçaram entrar de greve por conta da determinação de escalonamento, e pelo projeto em que muda o critério do pagamento da Revisão Geral Anual (RGA), aprovado pela Assembleia Legislativa na semana passada.

 

» Mais Imagens