Fórum Sindical promete convoca paralisação e ameaça greve geral

» Crise

Por Gazeta Digital em 26 de Janeiro de 2019 ás 06:58

Após a aprovação do “pacotão do governo” na Assembleia Legislativa na noite de quinta-feira (25), o Fórum Sindical decidiu promover um dia de paralisação em 12 de fevereiro. Casa sindicato deve realizar assembleias com a sua categoria até 11 de fevereiro, com deliberação sobre estado de greve e paralisação de 24 horas.

Em nota divulgada nesta sexta-feira (25), o Fórum afirma que “não reconhece a aprovação dos projetos aprovados por uma Assembleia que não tinha legitimidade para tal”, porque 14 dos deputados não foram reeleitos.

Os servidores também acusam o governo de dialogar “apenas com o agronegócio, mantendo a subserviência do interesse público ao lobby dos interesses dos barões do agro que, juntamente com a corrupção desenfreada que assola o Estado, se apropria do Estado para manter privilégios imorais em isenções fiscais bilionárias que drenam recursos públicos para cofres privados, em detrimento das necessidades da população”.

Entre as pautas da greve geral estão a garantia do pagamento da Revisão Geral Anual (RGA), calendário de pagamento de salários sem atraso, pagamento do 13º salário dos servidores que ainda não receberam sem parcelamento e a luta contra o aumento da alíquota da Previdência.

De acordo com a nota, os servidores continuarão na luta, conforme decisão na plenária realizada em 17 de dezembro. “Este é apenas o primeiro round de ataques na consecução do objetivo do Governo de redução dos serviços públicos e entrega de setores importantes de políticas públicas nas mãos da iniciativa privada através de privatizações e terceirizações”.

 

» Mais Imagens