Mauro avisa que sem FEX vai decretar estado de calamidade financeira em MT

» Crise

Por 24 Horas News em 16 de Janeiro de 2019 ás 05:31

Se o Governo Federal não liberar a parcela de R$ 510 milhões do Auxílio Financeiro de Fomento e Exportação (FEX) do ano passado, Mato Grosso vai declarar estado de calamidade financeira. O governador Mauro Mendes (DEM) estará nesta quarta-feira, em Brasília, conversando com a equipe econômica do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e dependendo do que lhe for repassado com relação a liberação de recursos para o Estado irá assinar o decreto.

Mauro Mendes esteve no início da noite desta terça-feira na Assembleia Legislativa, onde se reuniu com os deputados para apresentar um esboço do decreto, que terá de ser aprovado pelos parlamentares em regime de urgência e avisar que só tomará esta decisão em último caso, se fracassar as tratativas em Brasília.

Ao conversar com os parlamentares, Mauro Mendes lembrou que a liberação do Fex, que precisa passar por aprovação da Câmara Federal que está em recesso e só retorna em primeiro de fevereiro, com nova composição, é essencial para promover um equilíbrio nas finanças de Mato Grosso. O decreto também impede que todas as secretarias possam contrair novas despesas.

 

» Mais Imagens