Jornalistas gringos vêem povo como o "melhor do Brasil"

» Copa do Mundo

Por Uol em 29 de Junho de 2014 ás 08:23

Os jornalistas estrangeiros que estão no Brasil para a cobertura da Copa do Mundo se mostraram satisfeitos com a acolhida que tiveram do povo brasileiro, com a sensação geral de segurança e com a organização do Mundial. Essas foram as respostas espontâneas mais comuns de 117 profissionais - dos cinco continentes - ouvidos pelo UOL Esporte durante a primeira fase do torneio, nas 12 sedes em que foram realizadas as partidas.

Para a pergunta "O que te surpreendeu positivamente no Brasil?", 30,3% das respostas foram sobre a população do Brasil. Entre outros adjetivos, foram consideradas pessoas "amáveis", acolhedoras" e "muito dispostas a ajudar".

A segunda resposta mais comum foi "sensação de segurança", com 12,2% das respostas. A "organização da Copa" e "um país organizado e que funciona", somaram 10,6% das preferências. Após os protestos do ano passado, muitos acreditavam que a situação durante o Mundial seria bem mais complicada, dificultando, inclusive, o trabalho no país.

A "alegria e o entusiasmo com a Copa" foi citada em 9% das respostas. "Clima e beleza natural" em 7,3%. E até os estádios que demoraram para ficar prontos foram alvo de elogios, com 3,3% das respostas. Foram classificados como "modernos" e "prontos".

Respostas subjetivas como a "paixão do brasileiro pelo futebol" e "tudo é bom", tiveram 3,3% das respostas. A comida foi elogiada em 2,5% das respostas dos jornalistas.

Algumas repostas únicas dão conta de boas estradas no país, do hábito do brasileiro de praticar esportes, do apoio da torcida brasileira ao Japão e até do jeitinho brasileiro, que ajudou a contornar pequenos problemas de trabalho. O jogador brasileiro Neymar, as praias e as mulheres do país também foram motivo de satisfação. Um indonésio disse ter ficado feliz de ter visto um biquíni pela primeira vez com seus próprios olhos.

» Mais Imagens