Doméstica é multada em R$ 10 mil por post no Facebook

» Brasil

Por metropolis em 07 de Maio de 2019 ás 06:32

A empregada doméstica Verá Lúcia Lopes, de 49 anos, foi processada por um médico de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Campo Grande (MS) após um post no Facebook. Por decisão do Tribunal de Justiça do Estado, ela foi condenada a pagar R$ 10 mil.

Tudo aconteceu quando ela usou a rede social para reclamar que enquanto sua sobrinha aguardava para ser internada, dois médicos estavam conversando. “Por isso que as UPAs não funcionam. Enquanto os pacientes padecem, os médicos ficam batendo papo”, escreveu.

O conteúdo da postagem chegou ao médico, que recorreu à Justiça. Segundo ele, o teor da conversa com a outra médica era trabalho. Na decisão, a juíza Edi de Fátima Dalla Porto Franco escreveu que o “conteúdo extrapolou de modo grave e reprovável o direito de livre manifestação do pensamento”.

Em entrevista ao UOL, Vera desabafou. “De onde vou tirar esse dinheiro?”, disse. Segundo ela, o salário que recebe por mês é de R$ 1 mil. “No dia que fui ao tribunal, expliquei para a juíza.”

Sem dinheiro para contratar um advogado, a empregada doméstica vai procurar um defensor público e recorrer da decisão.

 

» Mais Imagens