Amado Batista canta para público recorde na Arena Cultural

» Arena Cultural

Por Redação em 08 de Agosto de 2015 ás 12:48

Assessoria

Ao atender à Imprensa, antes de subir ao palco da Arena Cultural 2015, Amado Batista afirmou que voltar a uma cidade onde já havia se apresentado, era sinal de que o espetáculo anterior agradou ao público. Com cerca de 40 anos de carreira, o cantor, que já foi vendedor de discos, falou sobre regravações de sucessos de outros artistas.

Uma das releituras apresentadas na noite de sexta-feira foi “Ritmo da Chuva”, do cantor Demetrius. “É uma maneira de lembrar de artistas que começaram na mesma época que eu, mas que por algum motivo, está fora da mídia”. Amado falou também que os anos de estrada lhe renderam um grande numero de sucessos, e que é impossível cantar todas as musicas em um show.

Entre uma musica e outra, não faltaram as palavras de carinho aos fãs, fiéis ao estilo romântico do cantor. Perguntado sobre o momento atual da música, em que os artistas apostam em musicas dançantes, feitas em ritmo comercial, Amado disse que sempre haverá espaço para o romantismo.

Se alguém ainda duvidava da capacidade de Amado Batista produzir sucessos e manter a legião de fãs, bastou ouvir a reação da platéia aos primeiros acordes de “Amor Perfeito”, escrita em 1978. Só como exemplo.

E o show do cantor Amado Batista, acompanhado de uma banda competente, mesmo com alguns problemas no som do palco principal, foi o símbolo da face mais popular da Arena Cultural 2015. Sucesso atrás de sucesso, e o público acompanhando, agradecendo a cada acorde tocado.

A quarta noite da festa levou um público recorde na Arena, apesar de ser uma sexta-feira. O grande responsável certamente foi o cantor Amado Batista, que cantou com muito respeito, como se estivesse em uma grande capital, e à vontade, como se estivesse no quintal de casa.

» Mais Imagens