Mauro Mendes acaba com a Ceasa em Mato Grosso

» Agricultura

Por 24 Horas News em 01 de Maio de 2019 ás 06:47

A Central de Abastecimento de Mato Grosso (Ceasa) será a primeira empresa do Estado a ser extinta pelo governador Mauro Mendes (DEM). O decreto de extinção foi publicado no Diário Oficial desta terça-feira. Um interventor já foi nomeado e o fim da empresa será completado em seis meses.

Promessa de campanha, o governador havia assegurado o fim de pele menos seis empresas e autarquias em Mato Grosso. A Ceasa abre o caminho para o seu fim com o decreto de número 100/20019, através da Lei Complementar 612/2019, que faz parte do pacote de ajuste fiscal do Governo aprovado em janeiro pelos deputados estaduais.

Ao confirmar a extinção da empresa, o Mauro Mendes disse que a Ceasa não  teria comprovado sua eficiência e viabilidade financeira para continuar existindo. Com a extinção, as funções da Ceasa ficarão a cargo da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf).

A próxima empresa pública a ser fechada deve ser a Central a Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá (Agem), conforme também já anunciado recentemente pelo governador. Assim que o processo se concretizar, as atribuições da empresa serão repassadas à Empresa mato-grossense especializada em Parceria Público-Privada (MT-PAR).

Sobre as medidas, o governador tem reiterado que está determinado “em tornar o Estado eficiente”; uma máquina que custe menos e que preste serviços de qualidade à população de Mato Grosso. Segundo ele, a extinção das empresas públicas “ineficientes” seria estratégica nesse sentido.

 

» Mais Imagens